Cinema Documental Biográfico

com Miguel Gonçalves Mendes

19, 23 e 26 de Fevereiro de 2019

Terças 19h – 22h

Sábado 15h – 18h

9 horas

 

Miguel Gonçalves Mendes nasceu em 1978 na Covilhã. Trabalhou como actor, director e produtor e realizou diversas longas-metragens e documentários. Fundou, em 2002, a JumpCut, uma produtora de teatro e cinema, com sede em Lisboa. realizou uma série de documentários premiados, filmes experi- mentais e projectos sob encomenda. O filme Floripes, lançado em 2007, é a sua primeira produção híbrida (documentário-ficção), formato que passaria a explorar. Em 2004 realizou o documentário “Autografia” sobre o Mário Cesariny, prémio Melhor Documentário Doc-Lisboa. Em 2011, estreia seu projecto José e Pilar, em coprodução com a O2 Filmes e a espanhola El Deseo (dos irmãos Almodóvar). Aclamado internacionalmente por crítica e público, o filme coleccionou prémios em diversos festivais e foi eleito para representar Portugal na categoria de Melhor Filme Estrangeiro ao Oscar em 2012. Entre seus trabalhos mais recentes estão a série Nada Tenho de Meu, exibido pela RTP e pelo Canal Brasil. O seu mais novo projecto é o documentário O SENTiDO DA ViDA – um filme que conta a história de um jovem portador de paramiloidose. Em paralelo, Miguel também desenvolve a longa metragem de ficção “O  Evangelho Segundo Jesus Cristo”, adaptação do polémico romance do vencedor do Nobel José Saramago.

Workshop Cinema Documental Biográfico

 

Este workshop terá como base 3 dos principais filmes do realizador: “Autografia” um retrato do poeta e pintor surrealista Mário Cesariny; “José e Pilar” retrato de os últimos anos de José Saramago e da companheira Pilar del Rio e o seu ultimo filme “O Labirinto da Saudade” adaptação da obra homónima e retrato único de Eduardo Lourenço que levou Manuel Halpern, o crítico do Jornal de Letras a afirmar que: “Tal como acontecera com “José e Pilar” sobre Saramago, e “Autografia” sobre Cesariny, “O LABIRINTO DA SAUDADE” é um filme absolutamente inclassificável. E esse elogio é o melhor que lhe pode ser feito. Miguel Gonçalves Mendes foge de todos os parâmetros de género, formato, conceito. Desafia-nos a entrar num delírio cinematográfico em volta de uma obra ensaística. “O LABIRINTO DA SAUDADE” é, pois, um filme orgulhosamente inclassificável que desafia o país a pensar-se a si próprio, olhando para a sua História

No decurso dos módulos serão abordados temas como a diferença entre o documentário e a reportagem biografia, o que é afinal a “verdade” no cinema documental; a aplicação de técnicas de narrativa clássica ao documentário com especial incidência na jornada do herói; métodos de aproximação ao retratado e quais a fronteiras morais e ética a ter em conta no decurso da rodagem e montagem de um filme.

Valor: 75€*
A inscrição só é válida mediante o pagamento de 20% (15€) com envio do comprovativo (devidamente identificado) por e-mail para workshop@act-escoladeactores.com.
Os restantes 80% (60€) deverão ser pagos até dia 11 de Fevereiro. Caso desista, perde o direito aos valores pagos.

O IBAN para transferência é o seguinte: PT50 0018 0008 0175 7847 0200 4
Nota: Caso desista, perde o direito aos valores pagos.

Inscreva-se agora mesmo.

HABILITAÇÕES, OCUPAÇÃO E EXPERIÊNCIA PRÉVIA

OUTRAS INFORMAÇÕES (OPCIONAL)

DADOS A CONSTAR DA SUA FACTURA (OPCIONAL)

Li e aceito os termos e condições e da política de privacidade.